Consumidores B2B e as Experiências em Compras Online

Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin

Consumidores B2B e as Experiências em Compras Online

De acordo com índice B2BOL (business to business online), da E-Consulting, as transações digitais B2B devem chegar a R$ 2,39 trilhões em 2019, um crescimento de mais de 17% em relação a 2018. O índice mede, a cada três meses, o volume de transações originado entre empresas em marketplaces ou em sistemas integrados entre companhias e seus fornecedores, como portais digitais, EDI e plataformas B2B.

Para atender esse cliente, as empresas de e-commerce voltadas para o B2B devem investir ainda mais na melhoria de suas plataformas, adicionando novos recursos e aumentando a oferta de produtos, além de tornar a jornada de compra mais rápida e cômoda. A grande questão é como marcas e fabricantes estão repensando o relacionamento digital com seus clientes B2B.

 

Um cenário promissor

As transações B2B estão cada vez mais digitais. De acordo com o Gartner, mais de 70% das operações começam com uma busca no Google. Além disso, esse consumidor B2B está menos tolerante a experiências ruins e, acostumados com as experiências no B2C, vão buscar um concorrente rapidamente para ter suas necessidades atendidas.

Dessa forma, é preciso conhecer bem o consumidor para entender suas necessidades e saber quais atitudes tomar:

  1. Estratégia omnichannel
    Muito se fala em estratégia omnichannel no relacionamento B2C, mas isso também é importante para o mundo dos negócios entre empresas. Relatório da McKinsey afirma que dois terços dos processos de compras B2B começam antes do contato com um funcionário humano. Então, enquanto os compradores se movem por diversas plataformas, é essencial oferecer uma experiência integrada em todos os canais.

 

  1. Personalização
    Processos tradicionais de upselling costumam envolver contatos constantes entre fornecedor e cliente, então, no passado, era possível “sentir” as necessidades do cliente. Hoje, com a jornada de compras digital, as empresas coletam diversas informações que ajudam a construir insights sobre o comportamento do cliente e criam novas oportunidades de negócios. Obviamente, essas informações precisam ser analisadas corretamente para realmente ajudar a empresa a vender mais. Muitas soluções em nuvem contam com os recursos necessários de análise avançada e para entender a jornada do cliente, personalizando a experiência.
  2. Foco no cliente
    Para que a empresa atinja seu potencial e continue atendendo às necessidades do cliente B2B, é preciso ajustar a estratégia de negócios para manter o foco no cliente e em suas necessidades.
  3. Novas tecnologias
    Melhorar a experiência do cliente por meio de tecnologias inovadoras e automação representa uma enorme oportunidade de negócio. Os clientes estão cada vez mais acostumados com transações online rápidas, contínuas e serviços adaptados às suas necessidades, e sem o investimento em novas tecnologias fica mais difícil atendê-los.
  4. Interações sem atrito
    As empresas precisam facilitar a compra e devem facilitar transações contínuas com tecnologias digitais para automatizar e até mesmo eliminar interações e processos complexos, desde pedidos e pagamentos até o atendimento ao cliente e funções administrativas.

 

Investir no relacionamento com o cliente é a escolha estratégica para que a empresa se mantenha relevante no mercado. Empresas que oferecem uma boa experiência on-line, com interações personalizadas e sem atritos, se destacam em um mercado altamente competitivo, conseguem aumentar as vendas e constroem um relacionamento duradouro com seus clientes.

O foco da Stoom é o seu negócio. Por isso, com base em uma plataforma altamente personalizável, atuamos no desenvolvimento de diversos tipos de lojas virtuais, como e-commerces, marketplaces, clubes de assinatura e programas de afiliados, nas variações de modelos B2B e B2C de cada uma das modalidades. Entre em contato e saiba como podemos te ajudar.

Quero receber um
e-book sobre logística no e-commerce