E-commerce do zero: aprenda tudo sobre!

Quer conferir algumas dicas sobre como começar o ecommerce do zero? Primeiro, é importante falarmos sobre o cenário digital, já que no ambiente online muitas pessoas têm realizado suas compras. 

A partir disso, criar uma loja virtual pode ser importante para quem deseja se tornar empreendedor ou para quem tem uma loja física, mas deseja migrar para o digital, ou mesmo aqueles que desejam ampliar sua atuação realizando a venda de seus produtos online. 

É muito importante que a empresa assuma essa presença no ambiente digital, porque essa é uma forma de ganhar mais clientes e de demonstrar a autoridade da marca, aproximando dos usuários e fixando na rotina destes. 

Por isso, neste artigo você vai descobrir como é possível abrir o seu e-commerce ou loja virtual do zero, assim como algumas dicas de marketing digital que podem ser aplicadas para posicionar a marca de forma a alcançar o sucesso. Confira a seguir!

Defina os objetivos, público e nicho de atuação 

O primeiro passo é escolher os objetivos da sua empresa e definir o público-alvo almejado, ambos os fatores impactam nas estratégias que serão traçadas.

Assim, sua empresa pode ter como objetivo vender um novo produto ou serviço, crescer no mercado, melhorar a identidade da marca em um determinado período de tempo, dentre outras ações que devem estar delimitadas em um planejamento, com prazos e, assim, as ações podem ser delimitadas.

Já o conhecimento do público é importante para que a empresa consiga direcionar suas ações, assim como entender a melhor linguagem para se comunicar. 

Confira mais 4 dicas sobre e-commerce

A partir do momento que a empresa consegue definir seus objetivos, público-alvo e nicho de atuação, existem mais 4 dicas que são essenciais para obter um bom desempenho no seu e-commerce. Confira a seguir!

  • Tenha uma plataforma de vendas segura;
  • Identifique as melhores opções de pagamento;
  • Determine a parte logística do negócio (recepção de pedidos e envio);
  • Invista em marketing digital para divulgar seu conteúdo.

Vamos explicar cada uma dessas dicas de forma detalhada. A primeira diz respeito à escolha de uma plataforma de vendas que seja segura para o cliente. 

  1. Plataforma segura

Durante a compra, é normal que o cliente insira seus dados pessoais, assim como dados de cartão para o pagamento. 

Por isso, é tão importante que sua empresa invista em um site seguro para que as compras sejam feitas da melhor forma possível e o potencial cliente tenha confiança para inserir essas informações. 

Existem diversos protocolos de segurança, antivírus e formas de monitorar o site de modo a evitar o vazamento de dados, como os certificados de segurança.

Um site sem segurança compromete as vendas da empresa, pois afeta a questão da confiança do cliente em relação à plataforma, reduzindo as vendas.

  1. Pagamento

Falando sobre segurança, sua empresa precisa se atentar em relação ao pagamento, dando formas seguras e mais diversificadas para a conclusão da compra ao cliente. 

Com o avanço tecnológico, os pagamentos podem ser feitos:

  • Via pix;
  • Por emissão de boleto;
  • Via transferência bancária;
  • Com o cartão de crédito (possibilidade de parcelar sem juros);
  • No débito, com algum tipo de desconto. 

Ou seja, é importante que cada uma dessas opções de pagamento sejam seguras, mas também que o cliente tenha várias opções, de preferência, sem o adicional de juros no parcelamento. 

  1. Logística

É muito importante que a empresa identifique, também, a parte logística do negócio (recepção de pedidos e envio). 

O cliente que compra no e-commerce tem a possibilidade de retirar o pedido em loja física, mas na maioria das vezes, o cliente quer receber o pedido em casa.

Com isso, a empresa precisa se organizar para receber os pedidos, separar os produtos, conferir o estoque, identificar se o pagamento foi feito, assim como o transporte, segurança desse transporte e tempo de duração até chegar no cliente.

Isso é importante, inclusive, para agregar credibilidade ao seu negócio. 

  1. Marketing

Por fim, queremos trazer dicas relacionadas ao marketing e também explicar como anunciar no Google Ads e nas redes sociais, visto a importância que essas estratégias agregam à divulgação do negócio e em seu sucesso a longo prazo. 

A partir do momento que sua empresa realiza a presença no ambiente online, é fundamental que o cliente realize buscas e consiga encontrar o seu negócio.

Isso só é possível por meio da produção de um conteúdo de qualidade, um site seguro, mas também a criação de uma campanha no Google Ads e nas redes sociais (Instagram Ads, por exemplo).

Dessa forma, a empresa consegue criar uma campanha, escolher as palavras-chaves mais adequadas e conseguir ter um bom ranqueamento durante as pesquisas do Google. 

Da mesma forma, a presença nas redes sociais é fundamental para promover um produto ou serviço, sendo importante que o empreendedor conheça ações sobre como funciona o Facebook Ads e as formas de anúncio em rede. 

Gostou? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Baixe gratuitamente nosso e-book sobre logística no e-commerce e saiba mais sobre o assunto

CONTEÚDOS RELACIONADOS

MAIS CONTEÚDOS