Estratégias de vendas: confira as novas tendências para 2021

Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin

Para que a sua marca ganhe destaque no mercado, gerando vendas e, consequentemente aumentando as receitas, é necessário que você comece a incorporar táticas eficientes no seu planejamento de curto a longo prazo. Isso  significa começar a elaborar estratégias de vendas eficientes.

Com processos que vão desde pesquisa, qualificação dos leads até gerenciamento do relacionamento do cliente, implementar uma estratégia de vendas eficaz e que te ajude a alcançar as metas projetadas é um processo que deve englobar todos os departamentos do e-commerce.

Assim, você conseguirá ter em mãos um plano que esteja alinhado entre todos os envolvidos. Veja a seguir um conteúdo completo que irá te auxiliar a entender como montar uma estratégia de vendas e quais as novas tendências para 2021. 

 

Por que investir em estratégias de vendas?

Diferentemente das técnicas de vendas e estratégias de marketing digital, as estratégias de vendas são um conjunto de processos que tem como objetivo final ampliar os fechamentos de negócios, aumentando o número de consumidores que chegam até o final da jornada do cliente.

Porém, para que você consiga entregar esses resultados, é necessário que elabore um planejamento estratégico de vendas. Ele deve abordar um perfil completo das personas, da concorrência, criar um funil de vendas, definir metas, analisar o status atual do e-commerce e, por fim, traçar um processo comercial que bata as propostas.

Isso quer dizer que as estratégias de vendas não acabam depois que o cliente comprou ou contratou um serviço, implementando processos de pré e pós-venda. Cria-se, então, um relacionamento vantajoso com os consumidores.

 

As 4 fases de uma estratégia eficiente

Existem quatro fases para que você consiga planejar uma gestão estratégica de vendas. Mas antes de conhecê-las, saiba que elas podem ser aplicadas tanto individualmente como em conjunto, já que vai depender do ciclo de vida dos seus produtos ou da meta predeterminada. Confira mais detalhes nos tópicos abaixo.

 

Encontrar clientes em potencial

No ano de 2020, entre janeiro e junho, foram registrados mais de 90,8 milhões de pedidos feitos em e-commerce, segundo uma pesquisa da Ebit/Nielsen com a Elo — um número que demonstra uma alta perspectiva de crescimento do setor. Porém, para que você alcance esses números, é necessário identificar a persona ideal.

Em outras palavras, é importante encontrar os clientes em potencial e centralizar as estratégias de vendas. Promoções, concursos e descontos são algumas ações que podem fazer esse papel.

Utilizando as redes sociais e monitorando a concorrência, você pode identificar os hábitos de consumo dos seus clientes ideais e começar a investir em uma estratégia de vendas de marketing digital. Assim, será possível alcançá-los de modo mais orgânico.

 

Conquistar os prospects

Assim que tiver chamado a atenção dos clientes, tornando-os prospects (a poucos passos de contratar os seus serviços), o próximo passo é conquistá-los, atendendo às suas necessidades.

Fazendo uso de técnicas de vendas e marketing digital — conteúdos personalizados e que respeitam os funis de vendas —, você poderá chegar mais próximo e conquistar a sua confiança para que eles finalizem a conversão.

 

Manter os clientes conquistados

A terceira fase das estratégias de vendas é manter os seus clientes satisfeitos. Para isso, você pode utilizar ferramentas, como o CRM (Customer Relationship Management ou “gestão de relacionamento com o cliente”, em português) para aprimorar a confiança.

Oferecendo insights valiosos, captando e organizando as informações dos seus clientes, esse recurso te ajuda a reconhecer as necessidades dos usuários, mantendo-os interessados.

 

Ampliar as vendas

Por último, as estratégias de vendas devem visar a fidelização dos clientes, conhecendo-os individualmente. Ou seja, você deverá ir além de entender as necessidades dos clientes, surpreendendo-os e oferecendo resoluções de problemas antes mesmo que eles saibam que precisam. 

 

Tendências para 2021

No mercado atual, existem diversas estratégias de vendas on-line, mas com as perspectivas de crescimento do setor, os planejamentos estão em constante mudança. Por isso, separamos a seguir três tendências de 2021 para que você possa acompanhar e se preparar.

 

Crescimento do e-commerce

O ano de 2020 foi um grande avanço para o setor de e-commerce. Segundo o estudo realizado pela Resultados Digitais, Endeavor Brasil e Pequenas Empresas Grande Negócios, 76,4% empresas brasileiras adotaram a modalidade on-line.

Assim, o próximo ano deverá continuar essa tendência, que se ampliará nos anos seguintes, impactando nas estratégias de vendas, já que o processo comercial deverá ser redesenhado.

 

Omnichannel e multichannel

Em um contexto em que o conteúdo humano será menor, as experiências omnichannel (integração de todos os canais) e multichannel (que oferece diversos canais para o consumidor comprar) serão cada vez mais importantes.

Isso porque os funis de vendas não são estáticos, ou seja, os consumidores podem entrar em contato com a sua empresa em diferentes estágios. Assim, são necessários vários canais para atender às expectativas de cada um deles.

 

Social selling

Apesar de não ser uma novidade, o social selling (venda social) terá o seu papel de destaque nas estratégias de vendas rápidas. Isso porque o Brasil tem mais de 140 milhões de usuários nas redes sociais, o que representa 66% da população. 

Dessa forma, você poderá criar estratégias de vendas que contemplem as redes sociais, assim construindo um relacionamento e comunicação que atraiam mais consumidores da sua marca.

 

Pagamentos instantâneos

Já em operação em países como China, Índia, Brasil e países da União Europeia, o Pix, um serviço de pagamentos instantâneos, é uma tendência que promete atrair os usuários com resistência a compras on-line ou que não possuem cartão de crédito.

A previsão é que cada vez mais os boletos caiam em desuso e os pagamentos instantâneos tomem o lugar, agilizando os processamentos de pagamentos dos e-commerces.

 

Invista nas estratégias de vendas

Para impulsionar ainda mais as suas ações de vendas, por que não investir em uma logística reversa? Junto de uma plataforma de e-commerce personalizável, como a Stoom, você consegue pôr em prática várias estratégias que irão impactar a sua margem de lucro. Confira.

Quero receber um
e-book sobre logística no e-commerce