Para que serve a gestão de e-commerce?

A gestão de e-commerce é parte fundamental do sucesso de um negócio. Afinal, essa é uma tarefa que exige conhecimento de todas as áreas envolvidas para planejar, monitorar e organizar os processos internos.

É como se cada área do negócio fosse uma engrenagem, e o gestor precisasse fazer com que todas se encaixem para a empresa funcionar. Porém, ainda mais que um empreendimento físico, o e-commerce necessita de um acompanhamento acirrado devido às operações on-line.

Afinal, existem várias áreas que possuem processos próprios, mas que devem operar conjuntamente para que a experiência do cliente (Consumer Experience) seja positiva. A seguir, é possível acompanhar mais informações sobre a gestão digital, além de dicas sobre como aprimorar as operações.

 

Qual é a importância de uma gestão de e-commerce?

A longo prazo, o cuidado com a gestão de e-commerce é determinante para o sucesso e a estabilidade no mercado. Isso porque não só a qualidade dos produtos e dos serviços é usada como critério de escolha dos consumidores, mas a experiência do atendimento também é um aspecto fundamental e decisivo.

Por conta dessa característica do consumidor, vários modelos de e-commerce — B2B, B2C, B2D, B2B2C — adotaram conceitos ajudam a melhorar a experiência do consumidor. Entre eles, a omnicanalidade.

O omnichannel é uma decisão que costuma aprimorar os processos de gestão. Isso porque a integração entre os canais de comunicação auxilia o atendimento ao cliente e ainda ajuda a alinhar os suportes de contato com o público, oferecendo uma ampla gama de canais sem perder a eficiência.

A Stoom, por exemplo, oferece esse tipo de serviço aos clientes, disponibilizando uma experiência única aos usuários das grandes empresas que estão em nosso portfólio, como a Petz.

 

A integração é a chave para o bom funcionamento

Ter um sistema de gestão de e-commerce é essencial para possibilitar o bom funcionamento do negócio. São diversos processos e áreas envolvidas no sucesso do empreendedorismo, por isso, é importante manter todos integrados.

O ERP (Enterprise Resource Planning), por exemplo, é uma ferramenta que ajuda a integrar todas as áreas de uma empresa. Como um sistema integrado de gestão, essa tecnologia auxilia o gestor do e-commerce a melhorar todos os processos internos, além de coordenar os diferentes setores do negócio.

Com esse tipo de alinhamento, é possível conseguir insights interessantes. Nos tópicos abaixo, estão alguns pontos positivos de manter a gestão de e-commerce integrada em cada setor.

 

Setor financeiro

Responsável pelo balanço do e-commerce, o financeiro é uma das áreas mais importantes da gestão. Afinal, esse é o departamento que discute gastos, investimentos, metas e indicadores, uma tarefa que se torna mais eficiente se houver comunicação entre outros setores.

Quanto mais contato as áreas tiverem, maiores serão as chances de entender as necessidades de cada setor, aprimorando os processos e investindo de maneira assertiva em segmentos que precisam de uma inversão maior de capital.

 

Setor comercial

Vender é o principal objetivo do setor comercial, mas, se não houver o contato com o setor de logística, finanças e até marketing — ofertas e promoções —, as informações podem se “cruzar”. Dessa forma, quanto maior o contato entre as áreas, maiores serão os benefícios para o consumidor.

 

Setor de logística

A integração do setor logístico é um desafio na gestão de e-commerce. Isso se deve, principalmente, por conta do contato desse segmento com os consumidores, já que é onde o processo de separação, preparação e entrega das mercadorias ocorre.

O papel da integração é fundamental na logística para manter a comunicação entre os setores e evitar erros na entrega. O Picking App da Stoom, por exemplo, é um recurso que ajuda na separação das mercadorias, possibilitando que o profissional “dê baixa” nos produtos que forem encaminhados ao CD.

  

Veja as tecnologias envolvidas no desenvolvimento do e-commerce

A eficiência da gestão difere de um negócio para o outro, porém a integração é um aspecto em comum. Por isso, é necessário ficar atento às tecnologias que ajudam a melhorar toda a operação da plataforma de e-commerce.

Acesse o nosso blog e leia o conteúdo sobre tecnologias que facilitam o desenvolvimento de um e-commerce. Aproveite e confira qual é o papel da Stoom nesse processo.

Gostou? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Baixe gratuitamente nosso e-book sobre logística no e-commerce e saiba mais sobre o assunto

CONTEÚDOS RELACIONADOS

MAIS CONTEÚDOS