Mercadoria avariada pela transportadora: o que fazer?

mercadoria avariada pela transportadora

Quando o cliente faz uma compra no e-commerce, espera receber o produto em perfeito estado e funcionando. Porém, o que fazer nos casos de mercadoria avariada pela transportadora? É o que pode acontecer quando se terceiriza o serviço de entrega.

Nesse caso, tanto a transportadora quanto o e-commerce são responsáveis pelo dano segundo o Código do Consumidor. Entretanto, se a loja virtual entregou o produto sem nenhum dano para a transportadora e esta foi a causadora da avaria, então, deve ser responsabilizada.

Isso porque, segundo o Código Civil, a empresa responsável pelo transporte dos produtos deve tomar todos os cuidados para evitar qualquer tipo de dano durante a viagem.

O artigo 750 do Código Civil estipula que a transportadora passa a ser responsável pelo produto a partir do momento em que lhe é entregue a mercadoria a ser transportada até a chegada ao destino. Por isso, se o cliente receber o produto com avaria, a responsabilidade recai sobre a transportadora.

 

Como evitar mercadoria avariada pela transportadora?

Uma das soluções para garantir que os produtos sejam entregues sem qualquer dano é fazer as entregas por conta própria. Entretanto, esta não é uma alternativa para muitos negócios. Por isso, veja algumas dicas que separamos para evitar mercadoria avariada pela transportadora:

 

Avalie as transportadoras

Além de entender o que é mercadoria avariada, é preciso ter um plano para evitar danos. Se você pretende contratar uma transportadora ou mudar a que está te prestando serviço, avalie com cuidado suas opções.

É possível fazer isso verificando a reputação da companhia que você está cogitando contratar por meio de seus clientes atuais ou avaliações em sites especializados para saber quantos casos de avarias no transporte rodoviário ocorreram.

Converse com a empresa, entenda como são seus procedimentos e quais cuidados ela toma ao realizar as entregas. Busque também empresas que já atuam com e-commerces do mesmo segmento que o seu e já sabem como transportar produtos semelhantes.

 

Tenha um plano alternativo

Outra medida para evitar qualquer problema nas entregas é sempre contar com uma alternativa de entrega. Seja enviar o produto pelos correios ou ter uma outra transportadora para acionar caso necessário, essas medidas podem fazer a diferença para evitar transtornos para seus clientes.

Afinal, a entrega do produto é um diferencial estratégico para um e-commerce, já que se trata de metade da experiência de compra para o consumidor. Por isso, é preciso se preparar para garantir que essa experiência seja sempre positiva.

 

Estabeleça um controle do estoque

A organização do estoque também tem impacto nas entregas, principalmente se o e-commerce internaliza esse processo. Um controle eficaz diminui as perdas na distribuição dos produtos e evita erros que podem levar a avarias.

Sendo assim, é essencial ter um planejamento sobre o manuseio da mercadoria, as rotas que serão utilizadas, o tipo de carro que transportará os itens, como estes devem ser embalados e em quanto tempo devem ser entregues. Contar com a integração da sua plataforma de e-commerce com o estoque também é um diferencial.

 

Utilize roteiros de entrega

Se o seu e-commerce faz as entregas por meio de uma transportadora terceirizada, certifique-se de que as melhores rotas serão utilizadas para fazer as entregas. O mesmo vale para e-commerces que fazem suas próprias entregas. Questões como trânsito, vias esburacadas, caminhos com ocorrências de assaltos, entre outras devem ser levadas em consideração.

Isso porque todos esses aspectos podem interferir na entrega dos produtos e tornar a viagem mais longa ou menos segura. Além disso, não tomar esse cuidado pode resultar em produto danificado no transporte e problemas com o atendimento ao cliente.

 

Escolha a embalagem certa

Também é possível evitar mercadoria avariada pela transportadora ao escolher a embalagem certa para os produtos. Itens que possuem vidro em sua composição, por exemplo, precisam receber mais cuidado e ser embalados em plástico-bolha ou material que impeça que se quebrem.

Itens delicados devem ser rotulados como frágeis em suas embalagens e manuseados com cuidado, além de ficarem bem presos durante o transporte. Além disso, é preciso evitar transportar esse tipo de produto junto de itens pesados, que podem causar danos em caso de contato.

 

Qual o procedimento fiscal quando há avaria pela transportadora?

Se mesmo após tomar todos esses cuidados, ainda houver mercadoria avariada pela transportadora, o procedimento fiscal é o seguinte: a transportadora fica responsável pelo ressarcimento, que deve ser feito por meio da emissão de Nota Fiscal.

Para saber mais sobre meios de entrega de produtos, confira nosso artigo sobre dropshipping e conheça essa modalidade que você pode implementar no seu e-commerce.

 

Gostou? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Baixe gratuitamente nosso e-book sobre logística no e-commerce e saiba mais sobre o assunto

CONTEÚDOS RELACIONADOS

MAIS CONTEÚDOS