Defina métricas de marketing digital para e-commerce

Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin

Mais do que apenas criar estratégias e campanhas de marketing, é preciso mensurar sua performance e seus resultados para entender se estão sendo eficazes ou não. Para isso, você pode utilizar métricas de marketing digital que apontarão informações valiosas para o desenvolvimento do seu e-commerce.

Existem certos KPIs gerais para entender o desempenho do seu negócio. No entanto, também é preciso definir indicadores de acordo com o objetivo que deve ser alcançado pelo e-commerce — seja receber mais visitas no site, alcançar um público diferente de clientes ou conquistar mais leads.

 

Principais métricas de marketing digital para acompanhar

Principalmente para quem ainda está começando a entender como as métricas de marketing digital funcionam, é importante acompanhar as mais básicas para um e-commerce. Veja a seguir:

 

Volume de tráfego

Um dos principais indicadores para um e-commerce é o volume de tráfego, ou seja, a quantidade de visitantes e potenciais clientes que passam pela loja virtual todos os dias. Essa métrica permite saber se o site está funcionando de forma adequada, além de ser um dos fatores para avaliar a experiência do cliente.

Ao fazer o acompanhamento diário de pageviews, é possível gerar relatórios e comparar períodos, como em datas comemorativas, por exemplo. Dessa forma, é possível identificar as variações no volume de visitas e, ao cruzar esses dados, descobrir o que houve de diferente nesses períodos.

 

Custo de Aquisição de Cliente

Já para entender quanto custa captar um novo cliente para o e-commerce, você pode utilizar a métrica de marketing digital CAC (Custo de Aquisição de Clientes). O cálculo leva em conta custos que envolvem desde a atração de visitantes até o fechamento da venda na loja virtual.

Esses gastos incluem o orçamento investido em marketing digital, como em campanhas do Facebook Ads, por exemplo, além de todos os gastos com divulgação, seja com influenciadores digitais, agência de comunicação, entre outros. Quanto menor custo e maior o resultado gerado por essas ações, melhor.

 

Taxa de conversão

Para entender melhor o volume de tráfego em relação às vendas do e-commerce, é necessário monitorar diariamente a taxa de conversão. Para calculá-la, é preciso dividir o número de vendas pelo número de visitas e multiplicar por 100. Além disso, também é essencial estimular a conversão por meio de testes A/B para atingir a meta de vendas.

Nesse tipo de teste, é preciso criar duas versões da mesma página, seja anúncio ou campanha de e-mail marketing, e identificar qual delas converte melhor. Outra tática para aumentar a conversão é implementar uma vitrine on-line na sua plataforma de e-commerce para que os clientes visualizem os principais produtos já na página inicial.

 

Ticket médio

Outro KPI importante é o ticket médio, que indica quanto os clientes do e-commerce gastam em média na loja virtual. Para calcular esse indicador, é preciso dividir o valor total de vendas pela quantidade de pedidos em determinado período. Com essa informação em mãos, é possível desenvolver estratégias para faturar mais por venda.

Para aumentar o ticket médio, é possível usar táticas como o cross sell, que envolve mostrar produtos complementares àquele pelo qual o cliente demonstrou interesse, para que ele leve mais de um item. O upsell, que envolve oferecer um item de qualidade e valor superior, também é uma boa forma de aumentar o ticket médio.

 

ROI

Uma métrica de e-commerce muito conhecida e também fundamental é o Retorno sobre Investimento (ROI). Ele é utilizadoa para monitorar a performance de todas as ações de marketing em andamento e determinar se estão dando retorno para a empresa. Veja a fórmula:

ROI = [(receita – custo)/custo] x 100

O cálculo da receita recorrente mensal no ROI revela quanto foi perdido ou recuperado com o investimento em marketing. É um indicador que deve ser monitorado constantemente para identificar quais ações devem receber mais investimento e quais precisam ser cortadas.

 

Como acompanhar as métricas?

Dependendo do seu tipo de e-commerce, outras métricas, como a taxa de cliques ou a quantidade de vendas de determinado item, podem ser importantes para alcançar seu objetivo.

Após definir as métricas de marketing digital, é preciso começar a monitorá-las, e o Google Analytics é uma ótima ferramenta para isso. Com ele, é possível ter acesso a diversas informações, como os produtos mais acessados na sua loja virtual, tráfego diário de visitantes, taxa de rejeição, entre outros.

Se você utiliza uma plataforma de e-commerce personalizável, também é possível incluir uma ferramenta que faça esse monitoramento de forma automática e já disponibilize relatórios conforme o período que você definir.

Esse tipo de plataforma facilita muito o acompanhamento das métricas de marketing digital e dá uma resposta mais rápida, com dados precisos, para que seja possível criar estratégias mais eficazes. Veja mais vantagens da plataforma de e-commerce personalizável e entenda seus benefícios!

 

Quero receber um
e-book sobre logística no e-commerce