O que são stakeholders e como identificá-los?

stakeholders

Uma das etapas de uma boa gestão é identificar as pessoas e os grupos interessados no seu negócio e manter um bom relacionamento com eles. Isso porque os stakeholders têm um papel fundamental no desempenho dos projetos e precisam ser trabalhados de forma estratégica.  

Muitos gestores têm dificuldade em aplicar esse conceito e podem perder oportunidades que beneficiam a empresa. Para entender mais e saber como defini-los no seu negócio, continue a leitura.

Quem são os stakeholders?

O termo “stakeholder” se refere às partes interessadas na empresa, ou seja, às pessoas impactadas pelas ações dela, seja positiva, seja negativamente. Esse público tem forte influência na tomada de decisão dos projetos feita pelos gestores da empresa. 

São pessoas, grupos ou organizações cujos comportamentos são monitorados para atender a expectativa nas estratégias. Entender esse conceito ajuda na gestão de projetos por ampliar a visão de quem são os envolvidos, além do cliente ideal, chamado de persona. 

Exemplos de stakeholders são os clientes e os fornecedores: enquanto o primeiro influencia diretamente na aceitação e nas vendas dos produtos ou serviços, o segundo impacta a qualidade daquilo que a empresa oferece ao mercado. 

Tipos de stakeholders

Entendendo o que são stakeholders, podemos dividi-los em duas categorias: primários e secundários. Os primários são aqueles que têm grande valor para a empresa, como clientes, acionistas, investidores, concorrentes e equipe interna (responsável pelo funcionamento das atividades). 

Os secundários têm menor influência no processo de decisão. Entre eles, estão governo federal e estadual, organizações não governamentais, imprensa e comunidade. Mesmo que tenham reflexo na empresa, as atitudes desses grupos podem ser evitadas ou revertidas. 

Também se pode dividi-los em internos e externos, representando as pessoas de dentro e de fora do negócio. Os funcionários e administradores são exemplos internos, enquanto clientes, sindicatos, fornecedores e a maioria restante são externos.

Stakeholders x Shareholders

Apesar de serem termos parecidos, os dois têm significados distintos: shareholder é o acionista da empresa, que tem ações que definem a participação e a tomada de decisão dele

Os acionistas são caracterizados também como stakeholders internos e primários por terem grande impacto nos projetos e alto interesse no retorno positivo do negócio. 

Como identificar as partes interessadas?

Muitas empresas fazem reuniões de brainstorming para definir as partes interessadas de um projeto. Entretanto, apesar de ser simples, esse método pode não alcançar resultados positivos, já que depende do esforço da equipe de se lembrar de possíveis sugestões. 

Para ter uma lista mais completa, é possível utilizar várias técnicas como olhar o organograma da empresa, fazer uma análise dos stakeholders que já foram definidos inicialmente, contratar uma análise especializada, entre outros.

O ideal é pensar em quais grupos interferem no tipo de negócio em questão e utilizar as categorias para se guiar. Por mais que clientes, fornecedores e investidores sejam citados como stakeholders, eles são apenas categorias genéricas, que devem ser ainda mais especificadas. 

Defina e categorize

A partir das divisões e dos exemplos gerais, é possível analisar cada item dentro da empresa para ter definições mais direcionadas. Por exemplo, olhe para os fornecedores e defina os responsáveis pelas atividades daquele serviço prestado. Os clientes também podem ser mais específicos com as personas.

Após essas definições, separe-as em categorias de acordo com as futuras estratégias de relacionamento e comunicação semelhantes. A quantidade de stakeholders depende do tamanho do projeto e da quantidade de pessoas envolvidas.

Como manter um bom relacionamento?

Depois de saber como definir stakeholder para o projeto, você pode estabelecer uma estratégia específica para cada categoria pensando no grau de interesse e de poder que eles têm na empresa. 

Monitore sempre os comportamentos deles para alinhar expectativas e mantê-los satisfeitos com os resultados. Portanto, mantenha um diálogo transparente atualizando-os sobre o andamento do projeto. 

Além disso, ofereça um tratamento diferenciado e demonstre que a parceria está agregando valor para ambos. Para isso, mostre preocupação com feedbacks, realize reuniões para apresentar os dados e retornos, e conversas diárias.

Quais são os benefícios para a empresa?

Definir stakeholders na gestão do projeto ajuda na compreensão de cada envolvido a ponto de melhorar a tomada de decisões. Elas se tornam mais assertivas e direcionadas para atender as expectativas alinhadas. 

Por tornar-se específica para cada tipo de stakeholder, a comunicação também apresenta mais resultados positivos de feedback e de conexão entre a empresa e os grupos de interesse. Afinal, é essencial utilizar a linguagem adequada para cada caso. 

Essa relação mais próxima com os stakeholders garante mais confiança para eles apostarem nos projetos sabendo que vão ter bons resultados. Isso aumenta as chances de alcançar os objetivos e as metas dentro do prazo estabelecido graças ao comprometimento de todos.

Saiba mais sobre gestão de e-commerce

Agora que sabe a importância dos stakeholders para a gestão de projetos nas empresas e como eles melhoram as estratégias de relacionamento, você pode analisá-los e defini-los no seu negócio. Se você se interessou pelo assunto, leia também nosso artigo sobre gerenciamento de e-commerce.

Gostou? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Baixe gratuitamente nosso e-book sobre logística no e-commerce e saiba mais sobre o assunto

CONTEÚDOS RELACIONADOS

MAIS CONTEÚDOS