Entenda como escolher a melhor forma de pagamento para loja virtual

Cartão de crédito e celular

Escolher a forma de pagamento para loja virtual é a tarefa mais importante para os donos de e-commerce. Afinal, o negócio só terá lucros se o cliente pagar pela compra realizada no meio online, assim como acontece nas lojas físicas.

Felizmente, há diversas opções para os empreendedores escolherem, desde os mais tradicionais, como o velho cartão de crédito, até os mais inovadores e recentes, como as carteiras digitais. Por isso, é fundamental que o e-commerce certifique-se que está oferecendo meios certos de pagamento para os clientes.

Por que é importante escolher a forma de pagamento para e-commerce? 

Não adianta ter ótimas estratégias de marketing, bons produtos e preços atrativos se o cliente não conseguir pagar o que comprou na loja. Assim, escolher uma forma de pagamento é item obrigatório para qualquer e-commerce.

Além disso, é fundamental que o e-commerce deixe claro quais são os meios que o cliente pode utilizar antes mesmo de ele colocar o produto no carrinho, evitando, assim, uma péssima experiência para o usuário. A seguir, conheça algumas opções para lojas virtuais.

Cartão de crédito

O cartão de crédito é uma das opções de pagamento mais utilizadas pelos consumidores devido à possibilidade de parcelamento da compra. Somente no Brasil, 134 milhões de cartões de crédito estavam ativos até o fim de 2021. Entre as vantagens, essa forma de pagamento para loja virtual costuma ter um custo menor de taxas e tarifas em comparação a outros meios. 

Entretanto, vale consultar com a operadora que você contratou o prazo para recebimento do pagamento, pois, em alguns casos, pode levar mais que 30 dias. Além do mais, verifique se há a responsabilidade de oferecer parcelamento sem juros para o cliente, de forma que seja vantajosa também para o e-commerce.  

Pagamento no débito 

O pagamento no débito é uma forma de o consumidor realizar o pagamento da compra à vista. Ainda que não tenha a praticidade do parcelamento, costuma ser muito usado por quem deseja pagar compras com valores menores ou não quer fazer dívidas futuras.

Entre as vantagens está a segurança na transação, pois esse meio é mediado pela instituição bancária na qual a conta do cliente está vinculada. Além disso, o prazo para o lojista receber o dinheiro costuma ser menor.

Transferência via PIX

Considerado por muitos o melhor meio de pagamento para loja virtual, o sistema de pagamento instantâneo PIX começou a funcionar no Brasil em novembro de 2020 e, rapidamente, passou a ser usado pela população devido à praticidade.

De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), 85% dos brasileiros aprovam o sistema de pagamento. Entre os jovens de 18 a 24 anos, esse índice é de 99%. Assim, principalmente se o seu negócio for voltado para esse público, o PIX deve fazer parte do portfólio de pagamento da sua loja virtual. 

Com esse meio de pagamento digital, a loja virtual tem maiores chances de fidelizar o cliente. Além disso, o lojista pode receber o pagamento praticamente de imediato e ainda tem custos menores com a contratação do serviço. 

Boleto bancário

Essa é uma forma de pagamento para loja virtual que também precisa ser vinculada a uma instituição bancária, que faz a emissão do boleto. Essa opção costuma ser adotada por pessoas que compram valores baixos, preferem pagar à vista ou não têm conta em banco ou cartão de crédito.

Apesar do prazo maior para a aprovação do pagamento, o lojista recebe o valor assim que ele é depositado na conta. Entretanto, esse meio costuma cobrar taxas um pouco maiores, dependendo da instituição bancária escolhida.

Carteira digital 

As carteiras digitais unificam diversos dados bancários dos clientes, sendo um meio de pagamento bastante prático e que tem se popularizado no país. Para o lojista, a principal vantagem é a rapidez para o processamento e pagamento.

O que observar na hora de escolher a melhor forma de pagamento? 

Não há como definir qual a melhor forma de pagamento para loja virtual, pois cada meio oferece vantagens e desvantagens. Entretanto, há alguns pontos que devem ser levados em conta na hora de escolher. 

Experiência do usuário

Ao escolher uma forma de pagamento para loja virtual é preciso avaliar se a opção proporciona uma boa experiência ao usuário. Isso significa que o cliente deve ter a menor burocracia possível na hora de finalizar a compra. 

Assim, escolha o meio de pagamento, intermediador, operadora, instituição bancária ou gateway de pagamento que ofereça um check-out. Assim, sua loja terá menos chances de sofrer com abandono de carrinho. 

Analise seu público 

Nem todas as faixas etárias estão por dentro das diversas formas de pagamento disponibilizadas, principalmente as opções voltadas para o digital. Além disso, alguns consumidores preferem receber descontos, enquanto outros gostam de parcelar as compras.

Custos para o e-commerce

Quase todas as formas de pagamento para loja virtual cobram taxas ou tarifas, que podem ser mensais, por transação ou com outra periodicidade, acarretando um custo para o e-commerce. Dessa forma, o empreendedor deve avaliar qual opção é mais vantajosa financeiramente.

Prazo de recebimento 

Enquanto alguns meios de pagamento digital depositam valores na conta do empreendedor quase que imediatamente, outras opções necessitam de alguns dias para realizar esse processo. Assim, avalie também o prazo de recebimento do dinheiro. 

Segurança nas transações 

As fraudes e golpes financeiros são comuns no meio digital, sobretudo quando estão relacionadas à clonagem de cartão de crédito ou débito. Por isso, é importante escolher as melhores formas de pagamento seguras pela internet.

Com isso, o e-commerce terá menos chances de sofrer com chargeback, que é quando o cliente solicita o estorno do valor pago durante uma compra online. Esse processo pode gerar prejuízos para o e-commerce, pois a loja fica ciente dessa solicitação dias depois da efetivação da compra.  Aliado ao meio de pagamento digital, é fundamental entender como é o processo de emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), para ter segurança no processo de vendas. Por isso, leia também o post “Como funciona a NF-e no e-commerce?”.

Gostou? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Baixe gratuitamente nosso e-book sobre logística no e-commerce e saiba mais sobre o assunto

CONTEÚDOS RELACIONADOS

MAIS CONTEÚDOS