KPI: 5 indicadores de desempenho de um e-commerce

Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin

O Key Performance Indicator (KPI), indicador-chave de performance, em português, é um termo usado para definir os dados quantificáveis vinculados às métricas. Este é um instrumento importante para o monitoramento e a otimização de processos de um e-commerce.

Pensando nas metas SMART, estratégia atrelada ao Inbound Marketing, o KPI enquadra-se na letra “M”, que se refere à mensuração de resultados. Em outras palavras, esse é um indicador de desempenho que auxilia uma empresa a entender a eficácia das estratégias e as perspectivas futuras de crescimento.

Atento à previsão do crescimento exponencial do mercado de e-commerce no Brasil — mais de 26% em 2021, segundo dados da E-bit | Nielsen —, o empreendedor ou o gestor precisa manter todos os processos do negócio em “rédeas curtas”. Afinal, com a competitividade cada vez mais acirrada, é necessário antecipar as tendências e aplicar uma evolução contínua.

Para isso, é preciso entender os papéis dos tipos de indicadores de desempenho mais importantes para o e-commerce. A seguir, separamos sete KPIs para você analisar e compreender em que situação a sua empresa se encontra.

 

1 – Tráfego 

Conhecer o tráfego do seu e-commerce é essencial para entender se as suas estratégias de conversão (pagas e orgânicas) estão sendo capazes de atrair leads qualificados.

Dependendo do índice que tiver em mãos, fornecido por ferramentas, como o Google Analytics, será necessário reconsiderar algumas decisões e implementar mudanças nos processos.

Porém, vale destacar que a eficiência das estratégias não é o único fator que impacta o KPI de tráfego. Afinal, esse índice também está atrelado à UX (User Experience), ou seja, a responsividade da plataforma, a velocidade de carregamento e a navegabilidade precisam ser reavaliadas a cada novo resultado.

 

2 – Abandono de carrinho

Outro KPI importante para um e-commerce é o abandono de carrinho. Isso porque, de acordo com o E-commerce Radar, no Brasil, esse índice é elevado, chegando a ter uma média de 82,4%.

Podem existir várias causas para esse problema, desde a precificação e o custo do frete até formas limitadas de pagamento e experiência insatisfatória de compra.

Assim, se, depois de analisar o KPI do seu e-commerce, você notar um índice baixo, vale dar um pouco de atenção a esses quesitos e verificar o que está prejudicando o negócio para começar a aplicar mudanças.

 

3 – Turnover

A análise de desempenho de um e-commerce não se limita aos resultados de conversão. Por isso, outro KPI importante é o turnover, ou seja, o índice que considera a taxa de rotatividade de uma empresa.

Partindo do número de entradas e saídas no quadro de funcionários da empresa, quando esse índice é baixo, indica algo alarmante, já que significa que a capacidade de retenção da empresa é baixa. Em outras palavras, o e-commerce não é atrativo para os colaboradores e para os consumidores.

Afinal, os usuários não tendem a permanecer fiéis a uma empresa que tem uma reputação ruim no mercado. Isso porque cada vez mais a empatia tem sido um fator importante de decisão de compra.

 

4 – Churn rate

Entre os indicadores de desempenho de um e-commerce, também está o churn rate. Ao contrário do turnover, esse é um índice com o objetivo de mensurar a rotatividade de clientes de uma empresa, ou seja, o cancelamento de serviços.

Relacionado principalmente à geração de serviços ou contratos de assinatura, esse índice pode demonstrar desde o sucesso de omnichannel até uma falha de desenvolver uma experiência interessante para o usuário. Por isso, vale sempre acompanhar essa taxa.

 

5 – Market share

Por último, vale destacar a importância do market share quando falamos de KPIs. Afinal, essa é uma taxa usada como parâmetro sobre a participação da sua empresa no mercado.

Isso quer dizer que, ao acompanhar a evolução desses índices (alta e baixa), é possível compreender em que estágio de consolidação no mercado o seu e-commerce está ou se as ações de marketing são efetivas, aprimorando-as ao longo do tempo.

 

Uma plataforma maleável pode ampliar os resultados do e-commerce

É importante acompanhar os KPIs do seu e-commerce, mas propor soluções ou aprimorar processos é fundamental. Por isso, contar com uma plataforma maleável, que permite alterar formatações, é essencial.

Dessa forma, se estiver procurando por uma empresa que entrega um serviço de qualidade e com o mais alto nível de personalização, a Stoom é a plataforma certa. Acesse o nosso site e entre em contato com um dos nossos especialistas.

Quero receber um
e-book sobre logística no e-commerce