O que é vitrine on-line? Saiba o seu papel em um e-commerce

vitrine online

Assim como nos comércios tradicionais, o contato com o cliente é uma etapa fundamental no e-commerce. Por isso, trabalhar com uma vitrine on-line é um excelente meio de conquistar o seu nicho no mercado.

Definida como uma parte da loja virtual responsável por exibir em detalhes os produtos ou serviços à venda, a vitrine on-line possui um conceito semelhante ao de uma loja física, mas sem manequins, placas ou itens decorativos. Ficou interessado? Continue lendo e descubra como aplicá-la em seu negócio.

 

Qual o papel de uma vitrine on-line?

Com o papel parecido com as vitrines de uma loja física, esse tipo de expositor virtual também tem como objetivo expor a identidade da marca da empresa, assim como o público ao qual ela é direcionada. Por conta disso, vários e-commerces optam por colocá-la na página inicial, como um destaque aos produtos.

A vitrine on-line é a parte central de um e-commerce. Categorizada, ela organiza o modo como os clientes podem acessar o site e visualizar as diversas opções de produtos e serviços que estão disponíveis para serem entregues em casa, tornando a compra mais fácil.

Porém, a criação de uma vitrine virtual demanda mais do que organização ao gestor do comércio on-line. É necessária a assistência de um design gráfico para produzir um portal criativo e com elementos que criem uma boa experiência do usuário.

Outro ponto que se deve ter em mente é a atualização da vitrine on-line. Ela precisa estar sempre atualizada, sem deixar de lado a disposição e a harmonização das cores dos produtos postos em locais próximos.

 

Por que adotar no seu e-commerce?

Existem diversos modelos de vitrine, incluindo o on-line, mas raramente o público os vê como itens essenciais do negócio. Na verdade, eles fazem parte de uma decisão planejada. Criar um expositor virtual é uma maneira consciente de começar a implementar estratégias de vendas on-line. Confira por que a seguir.

 

Traz personalidade

A personalização é uma das características mais marcantes que a vitrine on-line traz para o e-commerce. Isso porque você consegue colocar itens que se comunicam com o público-alvo, além de trazer a identidade da marca.

Essa estratégia chega mais rápido à persona e é um modo eficiente de ampliar as vendas. E como a rede (internet) oferece custos menores se comparados a um comércio tradicional, essa é uma grande vantagem competitiva.

Vale destacar, também, que um e-commerce personalizado e com um público bem definido tende a causar grande impacto, o que faz com que o consumidor volte a comprar e indicar para conhecidos.

 

É versátil

A versatilidade é uma condição inerente às vitrines on-line. Isso porque ela permite várias combinações de expositores, incluindo ou retirando peças quando há ou não produtos em estoques. Isso dá liberdade para que você consiga destacar as peças e promoções a qualquer momento do dia.

 

Quais as estratégias para uma boa vitrine on-line?

O primeiro passo para começar a criar uma vitrine on-line que atraia consumidores é fazer um projeto com os elementos visuais — cores, fotos, desenhos, logo, entre outros —, a categorização e as texturas da marca do e-commerce. Além dessas dicas básicas, veja a seguir três estratégias usadas em expositores.

  

1. Utilize boas imagens 

As fotos de vitrine de loja são o primeiro contato do consumidor com o produto, por isso, lembre-se de escolher imagens de qualidade e que valorizem o que você vai vender. Ao contrário de uma loja física, o cliente não poderá experimentar nem sentir a textura, então a experiência é limitada.

Pensando nisso, investir em fotos é crucial para um e-commerce. Disponibilize imagens de vários ângulos e resoluções para que o consumidor consiga ver os detalhes, diminuindo o risco de ele desistir da compra final.

 

2. Faça vídeos que valorizem o produto

Em uma vitrine de loja on-line, os vídeos também são outro recurso fundamental. Falando de uma experiência visual, as fotos somadas às imagens gravadas dão ao consumidor uma visão 360º dos itens, ajudando a dar o “empurrão” para finalizar a compra.

Mas fique atento à produção dos vídeos, já que eles precisam ter qualidade para mostrar todos os aspectos do produto e convencer o usuário a comprá-los. Para isso, prefira um local com boa iluminação e foque em mostrar o item de todos os ângulos, evitando falar no decorrer do vídeo.

 

3. Não deixe de criar uma descrição

Por último, não deixe faltar a descrição do produto ou serviço. Com o consumidor vendo e tendo todas as informações do item — altura, peso, largura, versatilidade, entre outros —, ele se sentirá mais seguro para comprar e lembrará do site para futuras aquisições. 

 

Entenda mais sobre e-commerce com a Stoom

Como você pôde perceber, a vitrine on-line tem uma função essencial para o e-commerce, desde proporcionar uma plataforma organizada até gerar versatilidade ao gestor da loja. Mas que tal conhecer outra vertente das vendas on-line?

Acesse o blog da Stoom e venha entender o que é marketplace e qual o seu papel no mercado de vendas virtuais. Lá, você conhece outros caminhos para o seu e-commerce e ainda fica sabendo das novidades do mercado brasileiro.

Gostou? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Baixe gratuitamente nosso e-book sobre logística no e-commerce e saiba mais sobre o assunto

CONTEÚDOS RELACIONADOS

MAIS CONTEÚDOS