Descubra o que é KPI e como defini-los em seu negócio

o que é KPI

Entender como está o andamento dos projetos e o desenvolvimento da empresa é indispensável para propor melhorias, evoluir nos resultados e alcançar os objetivos estabelecidos. Por isso, saber o que é KPI e como utilizar essa ferramenta vai ajudar você a orientar toda a equipe e garantir boas estratégias. 

De que adianta ter um projeto em que não se sabe aonde quer chegar e como medir os avanços percebidos? Como parte de uma gestão organizada, as empresas utilizam metas, objetivos, indicadores e fazem uma análise das métricas para continuar tendo resultados positivos. 

O que é KPI?

A abreviação KPI diz respeito ao Key Performance Indicator que, traduzido para o português, representa o indicador-chave de performance ou desempenho. Ele pode ser um número ou um percentual que permite acompanhar e medir os resultados do projeto. 

Além de projetos, ele pode medir o desempenho dos sites, da empresa em si e dos próprios colaboradores, como no caso do número de contatos feitos pela equipe comercial e do índice de absenteísmo, que revela a ausência dos funcionários.

A análise de dados dos KPIs não deve ocorrer de maneira isolada, afinal apenas uma porcentagem não indica algo necessariamente bom ou ruim para o negócio. Então, é preciso usar mais informações das estratégias anteriores para comparar os resultados, entendendo o que seria a média, o valor mais baixo ou acima do esperado. 

KPI na prática

Assim como citamos no exemplo acima sobre a aplicação dos indicadores em relação aos funcionários, cada área e projeto pode usar diferentes indicadores-chave. Vale lembrar que o mais importante é a qualidade das informações e dos dados, não a quantidade de KPI

No marketing digital, na maioria das vezes, os indicadores-chave de performance mais utilizados são: taxa de conversão em campanhas, conversões nos diferentes estágios do funil de vendas, custo de aquisição por lead, índices de tráfego do site, assinantes do blog, ROI e muitos outros. 

Os KPIs são divididos em primários e secundários para facilitar a escolha de quais serão utilizados. Os primários são os principais para o seu projeto ou a sua empresa, enquanto os secundários trazem detalhes para o monitoramento diário e mostram o porquê dos números indicados nos primários. 

KPI x métricas

Agora que entende o que é KPI, você precisa saber também que ele não é uma métrica. Chamamos de métricas os dados medidos que não necessariamente são utilizados para ações importantes na empresa.

Quando uma métrica é fundamental para um projeto e influencia na tomada de decisão das ações propostas, ela pode se tornar um KPI, pois ele é um elemento valioso para as estratégias caminharem como o esperado e serem melhoradas nos momentos críticos. 

Portanto, um KPI não é uma métrica, mas uma métrica pode se tornar um KPI desde que tenha um alto grau de relevância. Nesse ponto, é essencial compreender que nem tudo que parece positivo deve ser analisado com grande esforço, como as métricas de vaidade.

Métricas de vaidade

São dados que não ajudam nas tomadas de decisões, mas mostram resultados positivos que podem nos distrair das métricas que realmente devem estar em foco. Alguns exemplos comuns são os números de curtidas nas publicações das redes sociais, número de seguidores e quantidade de compartilhamentos. 

Por mais que mostrem que o marketing de conteúdo está atraindo visitantes e mantendo o interesse das pessoas no produto ou no serviço, eles não influenciam financeiramente e não indicam necessariamente que quem seguiu e curtiu um conteúdo vai se converter em venda e gerar receita. 

Como definir um KPI?

Mais do que saber o que é KPI, você deve compreender como definir os mais relevantes ao seu negócio. É importante que sejam mensuráveis e viáveis, e você pode dividi-los em indicadores de produtividade, qualidade, performance da equipe, estratégicos e financeiros.

A escolha dos KPIs de cada negócio varia pelo setor em que ele está inserido no mercado e da atual situação da empresa, pensando em quais objetivos são os principais a serem alcançados e quais pontos precisam ser observados com atenção. 

Por exemplo, se a empresa tem a intenção de atrair novos clientes e analisar a quantidade de novos leads, alguns KPIs podem ser o ROI (retorno sobre investimento), o CAC (custo de aquisição de clientes), a taxa de conversão dos visitantes em leads e a conversão durante o avanço do funil de vendas. 

Por que é importante?

Os indicadores-chave de performance otimizam o planejamento com projeções pensadas a cada estratégia e facilitam o gerenciamento diário por meio dos resultados das ações. 

Definindo KPIs, a equipe está mais orientada sobre quais medidas guiam a estratégia e pode propor melhorias quando as porcentagens obtidas na análise estão abaixo da média. Os indicadores servem tanto para mostrar o desempenho quanto o sucesso da empresa, por isso vale a pena defini-los com cuidado. 

Eles também são importantes para estruturar as estratégias, vendo o que pode ter sido um erro e propondo alternativas para chegar em resultados mais efetivos. Assim, os gestores entendem quais investimentos valem a pena, onde podem realocar recursos e quais projetos são mais promissores.

Saiba mais sobre OKRs

Depois de estar orientado sobre o que é KPI, que tal começar a pensar em quais são os mais adequados para o seu negócio? Se você quiser saber mais sobre metas, leia nosso artigo sobre OKRs (objetivos e resultados-chave) aqui no blog!

Gostou? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Baixe gratuitamente nosso e-book sobre logística no e-commerce e saiba mais sobre o assunto

CONTEÚDOS RELACIONADOS

MAIS CONTEÚDOS